Previous
Next

CAMPO MAIOR > Informações Úteis > Biblioteca

BIBLIOTECA

A Biblioteca Municipal de Campo Maior, Biblioteca João Dubraz, pretende ser um espaço ativo na vida dos campomaiorenses. Proporcionando um fácil acesso à educação, à cultura e ao lazer, tem como principal objetivo o enriquecimento cultural da nossa comunidade. Para além da leitura, pode ainda consultar a videoteca, bem como uma apreciável coleção de música.

O espaço dispõe ainda de uma sala infantil que oferece aos mais novos as últimas novidades para a sua idade, no que à leitura diz respeito.

A Biblioteca Municipal de Campo Maior foi inaugurada no Palácio Visconde de Olivã dia 25 de Abril de 1993, no âmbito do programa da Rede Nacional de Leitura Pública.

É uma biblioteca, cuja tipologia reflete a filosofia de funcionamento de uma biblioteca pública: sector de adultos, sector infantil, sector de publicações periódicas, sector áudio visual, sector de livro antigo e arquivo histórico, Internet.

Uma biblioteca centrada nos livros, disponibilizando aos seus utilizadores um fundo bibliográfico de livros, CD’s musicais, CDROM multimédia, DVDs de cinema e musicais, jornais e revistas.

A biblioteca promove atividades de animação do livro e da leitura, ateliers, exposições das mais diversas temáticas, para abranger todos os públicos, ações de formação, encontros com escritores e ilustradores, workshops, comemoração dos dias do livro infantil, poesia, mulher, arvore, criança, mãe, pai, dia mundial do livro, teatro, música, ambiente, multiculturalidade… Colóquios, conferências, lançamentos e apresentação de livros, feiras do livro….

Francisco José Viegas in "A casa dos livros"

As bibliotecas são como os próprios sonhos: se se recordam é porque são realmente importantes é porque, de alguma forma, transformaram a nossa vida, ou perturbaram-na, ou tocaram-na em algum lugar. A biblioteca não é, por isso, apenas a casa do livro. Todas as imagens do mundo, do sonho, do riso, do medo, da dor estão ali, abrigadas e aguardando a oportunidade de visitar quem as visita, folheando um livro, ignorando uma página em detrimento de outra, fechando um capítulo da consulta aos livros, que é como quem diz – da consulta ao mundo.
Francisco José Viegas
Escritor/Jornalista

Localização

Flores